VI CURSO PRÁTICO DE APICULTURA NATURAL 2017

O mundo das abelhas é fascinante! Em tempos idos, era comum as famílias terem colmeias, usufruindo de toda a sua riqueza apícola: a polinização, o mel, a cera, o pólen e o própolis, etc. Hoje, a maior parte da produção de mel é feita quase exclusivamente por produtores comerciais e as abelhas encontram-se cada vez mais em declínio, estando algumas espécies classificadas como em vias de extinção. As abelhas são fundamentais para garantir a nossa segurança alimentar e a preservação da biodiversidade. Com gestos simples e alguma dedicação facilmente podemos ajudá-las a sobreviver e a prosperar perto de nós.

O Curso Prático de Apicultura Natural oferece a oportunidade de entrar no mundo da apicultura, em meio urbano ou doméstico, de forma simples, ecológica e a baixo custo. Não é preciso equipamento sofisticado ou caro e, com alguma aptidão e treino, podem construir a vossa própria colmeia!

Conteúdos gerais
– Introdução à biologia da abelha melífera como super-organismo e aplicação destes conhecimentos para melhorar a prática apícola;
– Conhecer as condições de vida e o comportamento das abelhas;
– Apicultura Natural e Apicultura Biodinâmica: como se distinguem das práticas convencionais;
– Aprender o que fazer para apoiar as abelhas e cooperar com elas no âmbito da prática apícola (enquadramento adequado no ambiente natural e relação com vegetação melífera);
– Conhecer diferentes tipos de colmeias e como construí-las (dia de partilha de conhecimentos);
– Aprender como escolher e utilizar correctamente ferramentas;
– Aprender a escolher e a preparar o espaço do apiário;
– Conhecer as técnicas de manutenção a realizar ao longo das diferentes épocas do ano;
– Treinar a observação;
– Abordar temas como enxames e prevenção, doenças, problemas e soluções.

Calendário & Localização
DATAS: 11 de Fevereiro; 11 de Março; 1 de Abril; 6 de Maio; 3 de Junho (um sábado por mês).
HORÁRIO: Das 9h30 às 17h30.
LOCAL: Painça, em Granja do Ulmeiro (perto da estação de comboio de Alfarelos).

Condições de inscrição

Inscrição até de 31 Janeiro:

  • Modalidade 1: 150€ para Associados da Coimbra em Transição
  • Modalidade 2: 175€ para Não Associados da Coimbra em Transição
  • Modalidade 3: Bolsa completa ou bolsa parcial. A possibilidade de atribuição de bolsas está sujeita à avaliação por parte do Grupo de Apicultura da CeT (GA), mediante a apresentação de uma carta justificativa da situação que leva ao pedido de bolsa e das possibilidades de criação de acordo entre o formando e o Grupo sobre um compromisso de troca. Para ambas as bolsas, completa e parcial, existe custo mínimo equivalente à quota anual de Associado (12€).

Inscrição após 31 de Janeiro:
Acresce 25€ aos valores acima referidos, para as três modalidades

Processo de inscrição

  • Envie um e-mail com o assunto [inscrição curso APIC] para geral@gmail.com, com as seguintes informações:
  • Nome completo + Localidade de residência + Nº de telefone
  • Indicar se tem experiência na área apícola e/ou outras áreas de interesse
  • Indicar a Modalidade de Inscrição pretendida: 1, 2 ou 3 (completa ou parcial)
  • De seguida receberá informação para efectuar o pagamento de 50% do valor de inscrição, garantindo assim a pré-inscrição. Os restantes 50% deverão ser pagos até à 2ª aula do curso.

A realização do curso é garantida com um nº mínimo de 11 inscrições e nº máximo de 16 inscrições.

 Os formadores

Harald Hafner, é natural da Áustria e vive em Mangualde, onde tem inúmeras colmeias espalhadas por várias quintas. Apaixonou-se pela apicultura desde cedo no seu país nativo e tornou-se Apicultor profissional em 2003 durante uma estadia de vários anos na República Dominicana. Em 2011 terminou um Mestrado em Apicultura na Escola Agrária de Warth na Áustria. Tem experiência com abelhas de diferentes espécies e temperamentos em três climas diferentes e com vários tipos de colmeias. O seu interesse inclui os habitats das abelhas, a sua importância para a ecologia e a interligação da apicultura com a nossa cultura e alimentação. A sua aptidão de observação, curiosidade e abertura para novos caminhos dão profundidade e animação à formação. Sendo um bom polinizador ele próprio, anima e inspira aprendizagem e partilha contínua dos seus ex-alunos no país inteiro (Coimbra, Paredes, Porto, Sintra, Aveiro, Mangualde e muitos outros).

João Leal, é apicultor semi-profissional registado desde 2006, sendo a concretização de um “sonho” e de um “bichinho” que já vem sendo explorado desde os 12 anos de idade quando começou a ter os primeiros contactos com as abelhas. É membro de 2 associações apícolas, Sicolmeia e Associação dos Apicultores do Litoral Centro. Até 2012 foi participante activo e moderador de um fórum apícola, com vários apiários espalhados pelo país, de distintas floras. Em 2013 reduziu e concentrou o número de apiários na zona de Granja do Ulmeiro, onde também fabrica e testa as colmeias que utiliza. Utiliza vários modelos de colmeias e adora ver as abelhas a trabalharem no tradicional cortiço. Dedica-se especialmente à produção genética, já tendo experimentado diversas subespécies de abelhas (desde 2010 utiliza equipamento de Inseminação Artificial). Tal como o Harald Hafner, é especialmente interessado em métodos biotécnicos para o controlo de doenças e pragas e tem muito gosto em aprender sempre mais através da prática e a partilhar, tanto com os mais experientes como com os iniciados.

 

curso-apic-2017_informacao

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s